Feliz 2010 ou a certeza do agora

E aí, como vamos de ano novo? Já havia escrito uma mensagem em dezembro, como sempre faço, mas resolvi lembrar novamente o momento para “respeitar” o calendário oficial brasileiro.

Cumprindo suas resoluções de ano novo? De acordo com estudo feito pelo professor de psicologia Richard Wiseman, apenas 12% das promessas são cumpridas. Você pode questionar a pesquisa, feita com norte-americanos e britânicos, mas acho a síndrome da “segunda-feira eu começo” bastante comum.

É por isso que gostaria de saudar o único momento que é genuinamente nosso, o agora. Não que se deva negar o passado, mas é importante ser um nostálgico sem dor. “Com o passar do tempo, não é que você encontra as respostas, mas suas dúvidas ficam mais inteligentes (Dzongsar Khyentse Rinpoche). Da mesma forma que é válido fazer planos. Os hinduístas, entretanto, fazem uma ressalva: sua intenção pode estar voltada para o futuro, mas sua atenção deve estar no presente.

De acordo com a física, o tempo é uma quantidade fundamental. Um segundo, a unidade universal de tempo para a humanidade, é definido como sendo 9.192.631.770 oscilações entre dois níveis do átomo de césio-133. [É nesse momento no qual deve se concentrar]

Essa explicação eu aprendi com Marcelo Gleiser, professor de física teórica no Dartmouth College e autor do livro “A Harmonia do Mundo”. De acordo com ele, o tempo é uma medida de mudança.

“Se nada ocorre, o tempo se faz desnecessário. Portanto, no plano pessoal, percebemos a passagem do tempo nas mudanças que ocorrem à nossa volta e na nossa pessoa. [...] Logo, a percepção do tempo depende fundamentalmente da memória. [...] Na verdade, o tempo passa sempre do mesmo jeito, segundo após segundo. Mas nossa percepção dessa passagem depende do nível de envolvimento que nosso cérebro tem com a experiência que estamos tendo. A relatividade psicológica da passagem do tempo depende de quão nova a experiência é.”

Dá o que pensar, né não? Numa entrevista, o ator Al Pacino descreveu toda a euforia da época do lançamento do filme O Poderoso Chefão como sendo seu dia ao sol. É esse sentimento que desejo a todos, muitos momentos ao sol. Façam, realizem. Não há felicidade sem ação.

Feliz 2010? Na verdade, desejo a você(s) um excelente agora.

PS -  Bacana notar que, todo ano, a lista de destinatários dessa mensagem aumenta.

Vamo’ começar esse ano? Relaxa aí!

Imagem via

About these ads

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s