It’s not TV, It’s HBO

Para além do YouTube, é possível encontrar os mais diversos modelos de serviços de streaming, muitos deles pagos. Entretando, a ideia de comprar cada produto audiovisual dá espaço a propostas de assinatura amplos, em que o usuário paga mensalmente para acessar todo o catálogo online do serviço. O Netflix, o mais popular deles, é responsável por 1/4 dos dados transmitidos na América do Norte.

A movimentação também chega às empresas tradicionais. Se muitos canais ainda optam por um sistema misto (pague o serviço a cabo e ganhe de graça o acesso online), a HBO planeja disponibilizar, na Europa, um sistema digital independente. Todo o conteúdo da emissora estará online.

Não se trata de substituir o serviço a cabo. São dois caminhos autônomos. O cliente decide qual o melhor. O famoso slogan do canal, It’s not TV, It’s HBO, encontra um novo significado.

About these ads