Como criar fan pages no Facebook [acompanhe a página desse site na maior rede social online do mundo]

Criei uma página desse blog no Facebook. Clique aqui e “curta” o novo endereço. Abaixo, dou algumas dicas para quem também quer lançar sua página na maior rede social do mundo. Antes, gostaria de apresentar meu espaço.

A versão Facebook desse blog conta com as atualizações do site, mas não só: você também tem acesso a recomendações de links, vídeos e matérias que solto exclusivamente por lá. Em pauta, cultura digital, mídias sociais, arte e tecnologia disruptiva.

(Esse não é o único espaço que mantenho no Facebook. Há também um projeto sobre música (non-stop) e uma página sobre cultura móvel (leve no bolso). Gostou? Passa lá e “curta” essas páginas também)

Estratégia

Ao elaborar sua presença online, é importante dar alternativas ao público, que pode ter acesso ao que tem a dizer através do endereço eletrônico, via RSS, newsletter diária, página no Facebook etc. A ideia é que você acompanhe essas atualizações, mas não só: o conteúdo funciona como um convite para a conversa. Você pode comentar, propor novas discussões, compartilhar dicas etc.

No caso do FB, é possível ir além, não oferecendo ao usuário apenas um simulacro da experiência do site de origem. Por isso, usar recursos de publicação automática – via RSS Graffiti, por exemplo – podem não ser recomendáveis. É necessário se adaptar ao meio (saiba o que funciona no Facebook). Até porque a fan page pode ser um projeto autônomo e oferecer não apenas conteúdo, mas também serviços: você pode montar uma loja virtual no Facebook.

(Veja também: como usar o Facebook para divulgar sua marca)

Ou seja, é muito mais útil do que simplesmente oferecer uma experiência complementar numa fan page do Facebook. Algo que lembra fazer parte de comunidades do Orkut, que funcionam apenas com um broche que identifica o que aprecia, um acessório decorativo no seu perfil que explicita as tribos das quais faz parte. São comunidades que, muitas vezes, tem grande número de participantes, mas pouca interação entre eles. Parece que só spammers frequentam esses endereços.

Não é isso que proponho. Meu objetivo é compartilhar informação e suscitar a interação nesses novos espaços. Ademais, você não precisa visitar essas páginas. A atualização vai até você, aparecendo no seu mural do Facebook. Por isso, é importante investir no seu espaço. Se oferecer conteúdo em excesso ou não relevante, vai irritar o usuário. Ou seja, pode transformar fãs em ex-seguidores.

Making of [crie fan pages no Facebook]

Criar páginas no Facebook é bastante simples. Basta clicar nesse link. Em seguida, você pode personalizar a url. Será ótimo ter um endereço mais amigável para divulgar. Entretanto, isso só será possível depois de conquistar 25 fãs.

Em seguida, preencherá alguns campos, como dizer que o espaço é mantido por “Empresa, organização ou instituição“. Depois, você vai mudar a imagem, criar uma descrição, instalar aplicativos…

O cadastro é simples. Mas só isso não basta. É importante definir qual o objetivo desse novo espaço. Criar um projeto editorial pode auxiliar na manutenção.

Saber quais os elementos mais importantes dessa página também ajuda. Vale aprender com as melhores fan pages.

Depois, escolha os aplicativos mais interessantes para incrementar seu espaço. Aliás, é importante editar e personalizar as abas, já que o FB entrega alguns aplicativos que não são lá muito úteis. O appbistro é um ótimo guia para conhecer outras opções. Já o Involver oferece integração com várias plataformas sociais (como YouTube e Flickr), entre outros serviços complementares.

Para engajar o público, visite esse link (esse outro também) e veja a apresentação no final desse post.

Se vai criar um perfil corporativo, sugiro a leitura desse tutorial. O Mashable também criou uma lista com os cinco plugins essenciais para marcas.

Tudo pronto? Você pode colocar em outros sites um banner com o número de inscritos na sua página do Facebook, botão curtir, últimas atualizações etc. Caso o sistema de gerenciamento de conteúdo do seu site não aceite script com java, como o WordPress.com, você pode optar um widget mais simples.

Para terminar, você sabe quanto custa sua fan page no Facebook?

Ficou com preguiça de seguir todos esses passos? Pode apontar seu navegador para o Wix ou o Pagemodo, que entregam vários layouts e recursos para fan pages do Facebook.

Enfim, essas são as técnicas básicas. Agora é contigo. Fique à vontade para compartilhar links e suas ideias. Aqui nesse blog e nas páginas (como a CD) que mantenho no Facebook.

Antes, um último alerta: escolha com prudência o nome da sua fan page. Isso porque não é possível alterar depois. A não ser que sua fan page tenha menos de 100 cadastrados.

Crie sua página no Facebook

Imagem via Flickr de Samsmiles

Anúncios

8 respostas em “Como criar fan pages no Facebook [acompanhe a página desse site na maior rede social online do mundo]

  1. Pingback: Divulgue seu negócio: Aprenda a criar fan pages no Facebook | Sodinheiro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s